Tree Of Life (Árvore da Vida)

E ai galera,

Hoje vou falar sobre Tree Of Life (Árvore da Vida), um filme que tem como diretor Terrence Malick e na produção Brad Pitt, Bill Pohlad (The Runaways) e Grant Hill (V For Vendetta). O filme foi indicado para os prêmios do Oscar de melhor filme, melhor diretor e melhor fotografia.

O filme mostra muitos sentimentos, mas não faz você sentir o que os personagens sentem, não cativa a tal ponto, como quando nos apegamos a sentimentos, igual o da Natalie Portman em Black Swan, em que sentíamos o que a Nina sentia no filme, ou a tristeza de Tom Hansen (Joseph Gordon-Levitt) em 500 Days Of Summer.

 

Ótima trilha sonora e excelente fotografia, porém história pouco cativante.

 

Os 25 primeiros minutos são um saco e você pensando: PQP, que porra é essa? Como essa merda ta disputando Oscar? Porque começa uma série de projeções e tu não entendendo. Ai sim, no fim, você entende que aquilo era regressando até o início dos tempos, na era dos dinossauros, o que em minha opinião, seria mais interessante, colocarem um estilo a opening do The Big Bang Theory, claro, mais detalhada, mas sairia melhor do que os 5 minutos de ceninhas, com projeções (mas pelo lado da fotografia, isso ajudou bastante, mesmo o filme não levando nenhuma estatueta).

Logo depois da cena dos dinossauros, volta a cena da família do Brad Pitt e o nascimento de seu filho, o mostra aprendendo a andar, crescendo, sentindo ciúme quando o irmão nasce, e dali foca só na família O’Brien, o pai ensinando deveres morais, alguns pela visão dele achando que tava certo, mesmo não dando o exemplo, a insatisfação dos filhos, pelo pai ser duro, mas no fim, mesmo com as brigas, mostra como uma família deve se amar, se proteger. O filme mostra isso deixando a dúvida, será que é pela força da natureza que nos mantém, mesmo insatisfeitos com as situações, passivos? Talvez fosse isso que o Mr. O’Brien (Brad Pitt) quis mostrar no filme, que eles crescecem seres humanos fortes, que tivessem força pra traçarem seus objetivos, mesmo não parecendo. Ou tal comportamento se dá pelos seus sonhos não terem se concretizado, ou pela morte de um ente querido?

Esse filme foi feito para um grupo seleto (os cinéfilos), acho difícil passar em canal aberto para o público brasileiro geral ver, até por ele ser um filme bem filosófico e muito grande (2 horas e 18 minutos de filme).

 

Enfim, eu não achei o filme grande coisa, pro hype que teve, mas pra quem é cinéfilo e é fã de Brad Pitt, veja, o filme não é ruim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s