A Volta de Community e a estréia de Missing

E ai galera,

Hoje vamos falar sobre a volta de Community e estréia de Missing, mas antes de tudo, gostaria de desejar feliz aniversário a Jim Parsons, o ator que faz o Sheldon em The Big Bang Theory, que hoje completa 39 anos. Tudo de bom, que você continue fazendo muito sucesso, ganhando muitos prêmios e que a tendência seja melhorar cada vez mais.

Começando com Community, que a volta me deixou muito feliz, ouvir novamente essa abertura, que saudade e medo que estava de perder uma série tão boa, como já perdemos outra, como Terra Nova.

O episódio começa com todos sentados e Pierce assumindo todos os negócios do seu pai, que morreu e quando ta fazendo uma proposta para Shirley, chega seu marido fazendo uma dança hilária e a pedindo em casamento.

Como sempre, nunca todo mundo tem a mesma opinião, mas ambos a respeitam para ver Shirley feliz, mesmo todos se contorcendo por dentro por não concordar. O episódio tem continuidade com Abed e Troy tentando apenas serem normais rs e Britta com seu dom de montar casórios. Descobrimos também que Pierce foi apenas chutado e que queria começar um negócio mais pelo seu ego mesmo.

 

Melhor diálogo do episódio:

Britta: Isso pode te chocar Annie, mas venho de uma longa linhagem de noivas e mães.

Annie: Assim como muitas pessoas.

DHSAUDHASUDHSAUODHSAUODHAUODHSAUODHSAUOD

Depois de muitas bebedeiras e de Abed e Troy normais, Britta e Jeff quase se casando e Annie e Shirley impedindo, termina com Shirley se casando e todos festejando, Abed e Troy voltando ao normal e o reitor Pelton falando que o Subway comprou o espaço e não irá mais poder colocar a lanchonete de Shirley e Pierce hahaha.

 

O episódio não foi o melhor que eu vi de Community, mas foi bom, manteve o nível da Season três e já to ansioso pro próximo episódio.

Destaque pro aparecimento do macaco hahaha.

Agora falar sobre Missing, uma série da ABC, que tem como diretor Steve Shill, também diretor em Rome (Roma). A série, em seu elenco de produtores e roteiristas, quase todos estão em seu primeiro trabalho, então não é uma série que me fará criar bastantes expectativas, porém o elenco de atores já é cascudo, como por exemplo, Sean Bean (Boromir em Senhor dos Anéis e Lorde Ned Stark em Game Of Thrones), Ashley Judd (Helen e Crossing Over), Cliff Curtis (Senhor do Fogo Ozai em O Último Mestre do Ar, também fez Duro de Matar 4.0) e Aunjanue Ellis (The Help e Ray).

O seriado começa com Paul Winstone (Sean Bean) e seu filho Michael (Nick Eversman) indo embora da França, Michael com sua bola autografada pelo craque Zidane. Depois de conversar com sua mãe pelo telefone, Michael vê o carro do pai explodindo.

 

Alguns anos depois, Michael fala pra sua mãe, Rebecca (Ashley Judd) que passou em um curso de verão, de arquitetura e que será em Roma. Claro, ela fica preocupada, mas acaba deixando-o ir, pois é isso que ele quer.

Depois de trocarem mensagens diárias, Michael fica uma semana sem se comunicar e sua mãe fica preocupada, mas após um telefonema de algum responsável pelo curso, ela descobre que o filho não freqüenta aulas por quinze dias e que foi expulso do curso. Depois dessa notícia, Becca resolve ir para Roma procurar o filho.

Depois de muitas investigações, Becca começa a achar provas do paradeiro do filho e ao mesmo tempo, por ela ser uma ex-agente da CIA, é convidada a se retirar do país. A trama gira em torno disso.

Eu antes falei sobre a falta de experiência dos roteiristas e produtores, talvez seja esse o motivo de deixar passar alguns detalhes bobos, como por exemplo: Ao sair de um pseudo-cativeiro, onde tinha um estoque foda de drogas, Becca derruba o cara e sai, ligando para polícia. Ela como ex-agente da CIA, no mínimo não deveria ser cabaço ao extremo de deixar o cara solto né? Sendo que mostrou antes uma algema pendurada na cama, mas é o que acontece, ela sai e deixa o cara apagadão e quando a polícia chega ainda ta o cara lá dormindo.

 

A série parece ser interessante, não tem como tirar uma conclusão de início, eu irei continuar assistindo e vamos ver no que dá.

 

Anúncios

3 comentários sobre “A Volta de Community e a estréia de Missing

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s