Revolution (Season Premiere)

E ai galera,

Hoje falar sobre a nova série de J.J. Abrams, Revolution.

Revolution quando foi anunciada e saiu o trailer, muita gente se empolgou, mas depois de alguns fracassos como Alcatraz e do filme overrated Super 8, não nos iludimos mais com o nome Abrams, não vamos esperar um novo Fringe, quiçá um Lost novo.

Abrams fez muita coisa boa, como citado Lost, Fringe, Person Of Interest e eu assumo que sou fã dele e tudo que ele lançar eu vou assistir, mas Revolution eu nem me decepcionei, pois já não esperava muita coisa depois do trailer. Tem muita gente comparando com Terra Nova, falando ser o novo fracasso. Eu não acho Terra Nova esse fracasso todo, pelo contrário, a série é muito boa, porém o que prejudicou a mesma foram os gastos excessivos que acabaram com a série.

Pior que a equipe é boa, tem além do J. J. Abrams, Eric Kripke (Supernatural), como roteirista e na direção tem Jon Favreau (Iron Man 1 e 2 e Cowboys And Aliens).

O elenco também não fica muito pra trás, conta com Billy Burke (24 Horas, Twilight), Giancarlo Esposito (Breaking Bad e Once Upon a Time), Tracy Spiridakos (Planeta dos Macacos – a Origem) e os Losties, Jeff Fahey (Frank Lapidus, o piloto) e Elizabeth Mitchell (Juliet).

Vamos ao episódio, a série começa com um apagão no mundo, tudo que precisa de energia para funcionar, simplesmente não funciona mais, só que esse não é um apagão comum, é um apagão permanente. Aparentemente ninguém sabe o motivo, mas Ben (Tim Guinee) sabia do apagão e chega correndo em casa avisando e logo a seguir ocorre o apagão.

O mundo depois do apagão vira um caos, é claro, e passam-se 20 anos. As comunicações foram perdidas, voltamos a viver com as plantações, milícias dominam os locais e cobram segurança. Até que um dia um dos integrantes da República de Monroe chega no vilarejo procurando Ben e seu irmão Miles, para levar ambos para Monroe. Depois de uma recusa, Ben é morto e seu filho é levado. Ben antes de morrer, pede para sua filha ir atrás de Miles, seu irmão, que ele pode ajudar a trazer seu filho de volta, e ai começa a história da série.

~~ ZONA DE SPOILER ~~

Começando com alguns erros, na hora da morte de Ben, muita gente do vilarejo se manifestou para defendê-lo, lutar contra os invasores que não estavam pedindo escravos e nem mais dinheiro, só queriam levar Ben. Pronto, depois da morte dele, quando Charlie resolve partir, tirando Aaron, NINGUÉM do vilarejo se manifestou pra nada, para falar que lá fora é perigoso ou para falar que vão junto.

Outra porra WTF é Charlie acreditando em qualquer um que fale que é tio dela, ela deu sorte de ele realmente ser tio dela e o Nate ser um dos soldadinhos do Monroe, que aliás, essa foi uma das poucas partes legais do episódio.

São esses erros que são fodas pra deixar passar, mas o que vai ganhar a série vai ser o jeito Abrams de fazer as coisas, no final dos episódios, uma revelação de tu ficar impressionado e esquecer o quanto o episódio foi fraco, por causa dos últimos 3 minutos de revelações, como foi a professora de álgebra no PC no fim e na hora que o amigo do Miles no início do episódio era o Monroe (que foi uam revelação BEM ALCATRAZ).

To vendo que Revolution vai ser mais uma dessas serieszinhas estilo Continnum, que o cenário não me faz acreditar que eles estão ali mesmo, não sei se é um pouco de implicância, mas essa série não desceu e não sei se vou continuar assistindo, talvez eu dê mais uma chance.

 

Destaque para:

Aaron com camisa do ACϟDC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s